BIOGELX INICIA ESTRATÉGIA INTERNACIONAL PARA LANÇAMENTO DE MATERIAL DE BIOIMPRESSÃO 3D NO BRASIL

A Biogelx , desenvolvedora de biomaterial escocesa, lançou uma estratégia de distribuição internacional para suas tintas para impressão em 3D. Trabalhando com a 3D BioTechnology Solutions(3DBS), uma startup especializada em bioprinter e máquinas de eletrofiação personalizadas, a empresa focou o setor médico brasileiro.

De acordo com Sandy Bulloch, diretora de alianças estratégicas da Biogelx, essa nova parceria será aproveitada para ajudar a dimensionar os negócios e "fornecer uma plataforma completa de bioimpressão para várias aplicações de cultura de células".

"Essa colaboração", acrescenta Bulloch, "acelerará o ritmo de nossa inovação em bioprinting para gerar a próxima geração de modelos de tecidos 3D".


Hidrogéis imprimíveis em 3D Biogelx


Partida da Universidade de Strathclyde da Escócia em 2013, a Biogelx é uma produtora especializada de hidrogéis sintéticos usados ​​na fabricação de andaimes de células 3D. A principal tecnologia da empresa é o hidrogel peptídico de montagem automática Biogelx TM - uma gama de materiais especialmente formulados para apoiar o crescimento e a proliferação de diferentes linhas celulares. A linha foi desenvolvida pela empresa como uma alternativa viável às matrizes de origem animal, como colágeno e Matrigel. Expandindo essa faixa no início de 2019, a Biogelx agora também oferece uma variedade de materiais adequados para a printing 3D. Esta linha de produtos é denominada Biogelx ™ -INKs.

Atualmente, os Biogelx ™ -INKs estão disponíveis em três formulações diferentes da empresa - uma hidrogel padrão e duas funcionalizadas por fibronectina (um componente principal da matriz extracelular e plasma sanguíneo) ou colágeno (a proteína estrutural da pele e dos tecidos conjuntivos) .

Uma contribuição internacional para a medicina regenerativa 


Trabalhando no campo da engenharia de tecidos, o 3DBS produz uma variedade de bioprotetoras 3D personalizadas para uso em laboratório. A empresa foi fundada em 2017, mas já oferece seis produtos em sua linha de bioprinter 3D. Um modelo padrão é o sistema Genesis I, que permite o controle independente de duas extrusoras de seringas a temperaturas entre 25 e 220  ° C. 

A visão do 3DBS, de acordo com o co-fundador Pedro Massaguer, "deve ser um colaborador significativo na construção do futuro da medicina regenerativa". Ao fazer parceria com a Biogelx, o 3DBS adiciona a gama de materiais Biogelx ™ -INKs à sua distribuição em Brasil, oferecendo aos clientes um pacote mais completo para a realização de pesquisas biológicas.

"Ao permitir que os clientes trabalhem com os Biogelx ™ -INKs usando nossas bioprocessadoras, como Genesis ™, Reactor ™ ou Octopus ™, estamos chegando um passo mais perto do nosso objetivo revolucionário", acrescenta Massaguer.

"Juntos, temos a oportunidade de fornecer construções semelhantes a tecidos específicos para aplicações em medicina regenerativa e descoberta de medicamentos".


7 visualizações

© 2015 por Equipe FabNerdes. 

  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Flickr Icon
  • White Twitter Icon