COBOD DEMONSTRA TECNOLOGIA DE CONSTRUÇÃO COM IMPRESSÃO 3D AO VIVO DE 4 CASAS PEQUENAS

Na exposição internacional de construção Bautec em Berlim, a construtora dinamarquesa de impressão 3D COBOD proporcionou uma demonstração ao vivo de sua tecnologia imprimindo as paredes de 4 pequenas casas durante o evento, de 18 a 21 de fevereiro.

A demonstração foi concluída usando a impressora de construção BOD2 3D, localizada no estandedo Peri Group, fabricante internacional deformwork e andaimes, e o distribuidor alemão das impressoras 3D da COBOD.

Com a demonstração ao vivo, a COBOD pretendia fornecer um exemplo não cortado de sua tecnologia de impressão 3D de construção em ação aos visitantes da exposição: "É tão fácil filmar uma impressora de construção 3D em ação e, em seguida, editar qualquer coisa não planejada ocorrendo durante a impressão para produzir um vídeo bonito no final", comenta Henrik Lund-Nielsen, CEO da COBOD. "Há tantos exemplos por aí com conteúdo fortemente editado e manipulado, longe do que está acontecendo com a mesma impressora na impressão da vida real."

"QUANDO VOCÊ IMPRIME AO VIVO, NÃO É POSSÍVEL ESCONDER NADA. COM ESSA IMPRESSÃO AO VIVO QUE ESTAMOS DOCUMENTANDO, QUE NOSSA TECNOLOGIA TEM QUALIDADE, ROBUSTEZ E ESTABILIDADE PARA REALIZAR HORA APÓS HORA, DIA APÓS DIA."

A impressora BOD2 3D


A COBOD, originalmente estabelecida pelo revendedor dinamarquês de impressão 3D, provedor de serviços e desenvolvedor 3D Printhuset, lançou a impressora BOD2 3D em 2018 como uma atualização para o BOD, que produziu o primeiro edifício impresso em 3D na Europa em 2017, localizado em Copenhague.

A impressora BOD2 3D é uma máquina modular capaz de imprimir edifícios com medições de 12m de largura, 27m de comprimento e 9m de altura. O tamanho da impressora 3D pode ser estendido com módulos de largura, comprimento e altura de 2,5 metros. Sua capacidade máxima pode acomodar 6 módulos para largura igual a 15 metros e 4 módulos de altura, chegando a 10 metros, enquanto não há restrições para o comprimento.

Tem uma velocidade máxima potencial de 100 cm/segundo, porém devido às limitações causadas por materiais e equipamentos de bombeamento, até agora alcançou uma velocidade máxima de 40 cm/segundo. Além disso, a COBOD também afirma que o BOD2 pode produzir edifícios de três andares de uma só vez, com cada andar capaz de ter mais de 300 metros quadrados de comprimento.

A COBOD vendeu 7 de suas impressoras 3D de construção BOD2. Os clientes incluem a Universidade Técnica da Dinamarca (DTU) e a construtora Elite for Construction & Development CO. A DTU está utilizando o sistema para fins de P&D, a fim de desenvolver novos processos de fabricação para a industria civil. A Elite, por outro lado, comprou a impressora BOD2 3D para cumprir a Visão 2030 da Arábia Saudita, que visa melhorar a economia e a habitação do país através depilares de inovações, ou seja, técnicas modernas de construção.

Além disso, a empresa belga de construção sustentável Kamp C também está usando o sistema BOD2 como parte de seu projeto de 1,6 milhões de euros para construir a infraestrutura adequada para fabricação aditiva em construção. A COBOD venceu pela primeira vez o contrato de projeto Kamp C C3PO em 2018.

Melhorias no BOD2


Além de atuar como distribuidor a COBOD para Alemanha, Suíça e Áustria, o PERI Group também é um investidor na empresa, tendo adquirido uma participação da COBOD em 2018.

No estande da PERI na Bautec, a COBOD foi capaz de apresentar publicamente melhorias que fez à impressora BOD2 3D pela primeira vez. Isso inclui um sistema de extrusão atualizado, que equipou as paredes impressas com acabamento mais suave. Além disso, o COBOD desenvolveu um novo método para a criação do BOD2, envolvendo pés de concreto pré-fabricados aos quais o eixo Z é montado. Isso reduz o tempo de configuração em 50%, permitindo que a impressora seja configurada em um novo local em 4 horas. A impressora BOD2 3D trazida para Bautec tinha 5 metros de largura, comprimento e altura.

Henrik Lund-Nielsen concluiu o anúncio explicando: "Usamos esta ocasião para também mostrar algumas das melhorias, que fizemos desde que lançamos o BOD2 no ano passado. Especialmente fico feliz em mostrar que nossa qualidade de acabamento das paredes impressas em 3D agora é tão boa, que só é necessário gesso mínimo depois para chegar à qualidade desejada. Em suma, estamos muito felizes em poder mostrar nossa tecnologia ao vivo aqui na Bautec e pelos muitos visitantes que temos aqui passando meia hora ou mais em tirar vídeos e fotos, acredito que os visitantes também estão muito felizes com o que veem".

27 visualizações

© 2015 por Equipe FabNerdes. 

  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Flickr Icon
  • White Twitter Icon