top of page

Mãos que Imprimem Esperança: Transformando Vidas com Próteses 3D

Nos últimos anos, testemunhamos avanços extraordinários na tecnologia de impressão 3D, que vão desde a criação de peças de decoração até a produção de componentes para a indústria aeroespacial. Porém, uma das áreas mais impactadas por essa inovação é a medicina, especialmente no desenvolvimento de próteses personalizadas e acessíveis. Neste artigo, vamos explorar como a aplicação de um projeto de prótese de mão, desenvolvido com componentes fabricados em impressoras 3D, está revolucionando a vida de pessoas com deficiência motora, com destaque para a notável iniciativa da Atomic Lab.


A modelagem e impressão tridimensionais (3D) apoiam enormemente os avanços na medicina

A tendência de crescimento e envelhecimento da população mundial colocará novos desafios nos cuidados de saúde, que exigirão soluções mais rápidas e dirigidas às necessidades específicas dos pacientes. Nesse sentido, a manufatura aditiva (AM) é um grupo de tecnologias promissoras capazes de fornecer peças biomédicas customizadas de alta complexidade em prazos de entrega reduzidos. Embora tenha surgido comercialmente na década de 1980 como uma técnica rápida de prototipagem e modelagem, agora é aplicada à produção de uma ampla gama de formas com vários materiais possíveis.


A Revolução da Impressão 3D na Medicina:

A impressão 3D tem se mostrado uma ferramenta versátil e poderosa na área da medicina, possibilitando a fabricação de dispositivos sob medida com custo acessível e em tempo hábil. No contexto das próteses, essa tecnologia oferece uma solução personalizada e adaptável, atendendo às necessidades específicas de cada paciente.


a impressão 3D tem sido usada em uma ampla gama de ambientes de saúde
Estas tecnologias e as vantagens relacionadas permitem aos investigadores melhorar as aplicações médicas existentes que utilizam tecnologia de impressão 3D e explorar novas

Todos os anos, a impressão 3D oferece cada vez mais aplicações na área da saúde, ajudando a salvar e melhorar vidas de formas nunca imaginadas até agora. Na verdade, a impressão 3D tem sido usada em uma ampla gama de ambientes de saúde, incluindo, mas não se limitando a, cirurgias.


Graças aos diversos benefícios que esta tecnologia pode trazer no campo, as principais aplicações diretas da impressão 3D na área médica e clínica são as seguintes:


Usado para pré-cirúrgico/tratamento personalizado e para planejamento pré-operatório. Isto conduzirá a um procedimento de múltiplas etapas que, integrando informações clínicas e de imagem, determinará a melhor opção terapêutica. Vários estudos demonstraram que o planejamento pré-cirúrgico específico do paciente pode potencialmente reduzir o tempo gasto na sala de cirurgia (SO) e resultar em menos complicações. Além disso, isso pode levar à redução do tempo de permanência pós-operatória, à diminuição das taxas de reintervenção e à redução dos custos de saúde. A tecnologia de impressão 3D permite fornecer ao cirurgião um modelo físico 3D da anatomia desejada do paciente que pode ser usado para planejar com precisão a abordagem cirúrgica juntamente com imagens transversais ou, alternativamente, modelar próteses personalizadas (ou ferramenta cirúrgica) com base em anatomia específica do paciente. Desta forma, permite-se uma melhor compreensão de uma anatomia complexa e única para cada caso. Além disso, a impressão 3D dá a possibilidade de escolher antes da implantação o tamanho dos componentes da prótese com altíssima precisão.

Personalize ferramentas cirúrgicas e próteses: a impressão 3D pode ser usada para fabricar implantes personalizados ou guias e instrumentos cirúrgicos. Portanto, a customização de instrumentos cirúrgicos e próteses significa redução de custo proporcionada pela técnica de fabricação aditiva.



Melhorar a educação médica: modelos específicos de pacientes impressos em 3D demonstraram que podem aumentar o desempenho e promover o aprendizado rápido, ao mesmo tempo que melhoram significativamente o conhecimento, o gerenciamento e a confiança dos formandos, independentemente da área de especialização. Os benefícios da impressão 3D na educação são a reprodutibilidade e segurança do modelo impresso em 3D no que diz respeito à dissecação de cadáveres, a possibilidade de modelar diferentes anatomias fisiológicas e patológicas a partir de um enorme conjunto de dados de imagens e a possibilidade de compartilhar modelos 3D entre diferentes instituições, especialmente aquelas que têm menos recursos. Impressoras 3D que têm capacidade de imprimir com diferentes densidades e cores podem ser usadas para acentuar os detalhes anatômicos.


Mudando o objetivo final da fabricação aditiva, outros casos de aplicações são relatados na literatura para demonstrar a utilidade na produção de próteses específicas para pacientes pediátricos. Um exemplo na literatura é dado pelo desenvolvimento de uma mão protética impressa tridimensional de baixo custo para crianças com reduções de membros superiores usando uma metodologia de adaptação que pode ser realizada à distância. Este caso específico demonstra que os avanços nos programas de design auxiliado por computador (CAD), na fabricação aditiva e nos softwares de edição de imagens oferecem a possibilidade de projetar, imprimir e adaptar dispositivos protéticos de mãos, superando a limitação de custos. Como consequência, as vantagens dos implantes impressos em 3D sobre os convencionais são em termos de personalização e custo, como parece ficar claro no exemplo anterior. Pelo contrário, a maior adversidade está relacionada com o rápido crescimento físico que faz com que as próteses personalizadas sejam frequentemente descomunais. Isto leva à produção de implantes de tecnologia avançada que, devido à sua elevada complexidade e peso, aumentam o custo. A fabricação aditiva pode ser usada para fabricar próteses infantis robustas, leves, facilmente substituíveis e de muito baixo custo.




Yorumlar

5 üzerinden 0 yıldız
Henüz hiç puanlama yok

Puanlama ekleyin
bottom of page