RoadSec São Paulo 2015

13.11.2015

O Roadsec é o maior evento de hacking, segurança e tecnologia do Brasil: centenas de participantes estarão presentes em diversas capitais. O embate final ocorreu no dia 12/11/2015 onde 15 campeões de todo o Brasil se enfrentarão em São Paulo, o CRC Symantec será a última disputa do Hackaflag 2015, patrocinado pela Symantec Brasil. O evento aconteceu numa das melhores e maiores casas de show de São Paulo, o Audio Club, na Barra Funda. O evento contou com Marcelo Tas abertura da conferência. Na sequência, palestras de Rodrigo Rubira, Principal Security Researcher da Intel; Luciano Ramalho, um dos programadores mais admirados do país e o primeiro brasileiro a ter um livro de desenvolvimento publicado nos EUA pela O'Reilly Media; Nelson Novaes Neto, Superintendente de Segurança da Informação do Itaú e Daniel Chagas, Fundador do ForHacker, hackerspace de Fortaleza.

Marcelo Tas falou sobre sua carreira e seus novos trabalhos na mídia social.

 

 

O palestrante Rodrigo Rubira, Principal Security Researcher da Intel falou sobre: A PRAISE FOR HACKERS. 

Hackers estão criando conhecimento e compartilhamento de informações desde a criação de tecnologias. Eles têm uma profunda compreensão sobre o funcionamento interno dos sistemas e motivações diferentes. Assim como uma empresa que enfrenta desafios de concorrência e externos, e tenta construir seus produtos para enfrentar esses desafios, melhorando a cada geração (ou não), um hacker acumula conhecimento e evolui com base nisso. Diferentes objectivos e metas dadas, eles vão se concentrar as suas capacidades em áreas separadas. Se um hack parece fácil para alguém, talvez seja porque ele já construiu o conhecimento, entendido os desafios, mas isso não significa que alguém não está em processo de fazê-lo, ou que essa outra pessoa não se divertir ao fazê-lo (e, portanto, realmente não se preocupa com a complexidade real). Diferentes objetivos, medidas diferentes. E é possível se divertir, fazer coisas interessantes (e desafiadoras) ao ter os benefícios usuais de uma obra: de diferentes maneiras (e cada indivíduo precisa entender que, assumir a responsabilidade por suas próprias decisões e pagar os preços para os errados também). Seja em uma carreira técnica dentro de uma grande corporação, ou como um indivíduo coleta bounties (dois extremos aparentes que compartilham muitos fatores comuns), um pesquisador precisa toma decisões conscientes, que esperamos será discutido nesta conversa. No final, o objectivo é o de demonstrar que existem desafios, oportunidades, bem como, e que é possível ter diferentes formas na vida mantendo as mesmas técnicas prioridades fundamentalmente: construir conhecimentos e divertimento.

 

 

Confira nossa galeria do evento que contou com grandes palestras, oficinas e muito networking!!

 

 

 

 

 

 

Please reload