Novos Horizontes

19.02.2016

A robótica utilizada na construção permanece embrionária, mas obtêm avanços de forma positiva.

No entanto, há uma série de projetos que visam ensinar robôs a soldar e colocar tijolos. Para fazer isso, é importante superar a imobilidade de plataformas, que limitam-se de alcance, percepção espacial no local e detecção de conflitos em tempo real.

A segurança também é uma grande preocupação com esses robôs é mais do que provável que trabalhar ao lado de seres humanos podem trazer alguns riscos durante uma jornada de trabalho. Quando se trata da tecnologia de impressão 3D, continua a haver algumas questões consideráveis em torno de aplicações potenciais, mesmo que a tecnologia tem sido a todo momento atualizada. Esta é, provavelmente, de muitas maneiras, devido á sua queda no preço para fabricações futuras.

Agora, a realidade está começando para profissionais HEC aqueles com (Habilidades de Conhecimento de Engenharia) e CAD podem fabricar com uma gama crescente de máquinas desktop. Embora a tecnologia de impressão progrida de passo em passo, tem havido um grande avanço em matérias que podem ser utilizados.

Tenho visto impressoras 3D que usam chocolate , lama com sementes, plástico, doces, borracha, cerâmica e vários metais. Era só uma questão de tempo para o concreto e barro se tornarem disponíveis no menu de impressão 3D.

 

MX3D

 

Com sede na Holanda, MX3D é uma start-up com ambições para construir uma ponte de aço de 15 metros de comprimento usando robôs multi-eixos. O plano é combinar robôs e impressão em metal. O braço do robô será equipado com ferramenta de solda e alimentado com hastes de metal para produzirem as camadas de solda. O projeto está estimado em três meses para ser concluído. Ele tem o apoio da Autodesk, a empresa de construção holandesa Hejiman, e ABB uma fabricante de robôs industriais suíça. 

 

 

HADRIAN 

 

Hadrian é um robô australiano que trabalha em construções civis com tijolos e argamassa, criado por Mark Pivac da Fastbrick Robotics. O robô pode trabalhar com 1000 tijolos por hora com uma precisão de 0,5 mm por meio de varredura a laser em todo o ambiente. 

Hadrian parece consistente, principalmente por conter um acessório especial e um sistema de alimentação de um guindaste com 28 metros, dando-lhe um alcance incrível. Estima-se que o robô poderia produzir uma casa de tamanho padrão em dois dias. 

 

 

 

SAM

 

Criado por Construction Robotics of New York, SAM (Semi Automated Mason) é um robô que trabalha ao lado de um pedreiro humano, permitindo a colocação de tijolos de duas a quatro vezes mais efetiva do que o pedreiro. O robô é alojado em uma caixa de metal independente que tem um pequeno braço robótico alimentado por argamassa. O conjunto se move ao longo de uma parede junto a um andaime e utiliza medição a laser para aplicar dinamicamente o seu trabalho efetivo. 

 

 

 

Please reload

Destaques

Novos Horizontes

19.02.2016

1/10
Please reload

Recentes
<